Quem vai pagar a conta?

PSTC troca Cornélio Procópio pelo município de Alvorada do Sul -PR

Alegando problemas financeiros, a diretoria não revelou maiores detalhes sobre os motivos pelos quais o time deixou a cidade por um município de menor potencial demográfico.

Por Redação

19/01/2023 às 11:15:35 - Atualizado há

No início desta semana, a cidade de Cornélio Procópio acabou sendo surpreendida com a notícia da ida do Paraná Soccer Technical Center, o PSTC para a cidade de Alvorada do Sul, cidade da região metropolitana de Londrina com aproximadamente 11.672 habitantes.

Segundo entrevista com o presidente do time, Sr. Mario Iramina, este informou ao repórter Altair de Oliveira (Taíco) que o PSTC tem problemas financeiros e deve ser mais bem acolhido em Alvorada do Sul, cidade que jamais contou com um time profissional (novidade). Perguntado a ele, se o município escolhido teria oferecido algo diferente ao PSTC, o presidente informou que os detalhes são confidenciais, agradeceu a acolhida da cidade e do prefeito Amin e não entrou em detalhes.

Por outro lado, o prefeito de Cornélio Procópio reportou em coletiva que, todo o possível foi feito para a manutenção do PSTC na cidade, e que, em nenhum momento a prefeitura foi procurada para uma possível negociação visando a permanência do time no município. "Nós fomos pegos de surpresa como todo mundo, pois o presidente do time nos comunicou sobre a mudança já com a decisão tomada". Explicou Amin Hannouche.

O Pstc permaneceu em Cornélio Procópio desde 2012, onde participou de importantes campeonatos profissionais de futebol de campo, entre eles, Copa do Brasil e 1º divisão do Campeonato Paranaense.

OPINIÃO DO J. CAMPOS

Será que o futebol está sendo prostituido?

PSTC sem torcedor em Londrina monta alguns projeto importantes na região, mas quando quer mudar, "abandona' a cidade que o abraçou.

Mas o "amor" por Cornélio Procópio ficou abalado já em março de 2017, quando a equipe se classificou para uma das fases da COPA DO BRASIL onde enfrentou a equipe do SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE e este jogo foi transferido para o ESTÁDIO DO CAFÉ sem ao menos dar uma satisfação aos torcedores da cidade, a equipe perdeu torcida, e perdeu a credibilidade no meio dos amantes do futebol da cidade.

A COMUNICAÇÃO AS AUTORIDADES FOI FEITO PESSOALMENTE PELO PRESIDENTE MAS A DESPEDIDA AO TORCEDOR FOI EM CARTA ABERTA:

Tudo na vida é um ciclo, tem começo, meio e fim. No futebol não é diferente. O Paraná Soccer Technical Center (PSTC) comunica que, a partir de 2023, não irá mais atuar como mandante em Cornélio Procópio nos jogos da equipe profissional, fato que ocorria desde 2012. Deste modo, o PSTC formaliza que deixa de representar o município.

A sensação junto à comunidade esportiva procopense é de dever cumprido. A diretoria do clube foi enfática na chegada a Cornélio Procópio, em 2012. Não houve promessa de títulos, de contratações e/ou de eventos de grande porte. A única certeza dada pela diretoria naquela oportunidade era que o público de Cornélio Procópio teria uma opção a mais de entretenimento.

A diretoria não prometeu, mas o público teve tudo isso para desfrutar. O futebol procopense voltou a comemorar um título profissional após várias décadas, com a conquista da segunda divisão estadual, em 2015. Depois de quatro anos, o Estádio Municipal Ubirajara Medeiros foi o palco de mais um título da segunda divisão paranaense.

E não parou por aí! Após ser semifinalista da elite do futebol paranaense em 2016, o nome de Cornélio Procópio foi levado ao cenário nacional no ano seguinte. Na disputa da Copa do Brasil, carregando o nome da cidade, o PSTC recebeu a primeira fase da competição nacional no Ubirajara Medeiros, lotou o estádio e garantiu classificação para enfrentar o São Paulo FC. Contra o tricolor paulista, milhões de telespectadores de todo o país acompanharam o representante de Cornélio Procópio medir forças contra um tricampeão mundial na segunda fase da Copa do Brasil.

Teve comemoração também fora do futebol profissional. Para celebrar as bodas de prata do PSTC, a diretoria do clube não mediu esforços para promover um jogo festivo entre as lendas do PSTC e as lendas da Seleção Brasileira. Cornélio Procópio recebeu em fevereiro de 2020 campeões da Copa do Mundo de 1970, 1994 e 2002 com a Seleção Brasileira, além de vários outros craques com passagens internacionais com a Amarelinha.

Para finalizar, é preciso agradecer à Prefeitura de Cornélio Procópio, que sempre nos apoiou, aos patrocinadores locais, que acreditaram no PSTC enquanto representante do futebol profissional procopense, aos torcedores, pelo apoio ao longo de mais de uma década, aos profissionais de imprensa que acompanhavam nossa rotina e a todos que, de alguma forma, nos apoiaram desde 2012 até agora.

Londrina, 17 de janeiro de 2023,

Mario Sigueo Iramina

Presidente do PSTC

PSTC E SEUS ATLETAS DESTAQUES

FERNANDINHO

Formado no PSTC no final da década de 1990, Fernandinho seguiu o mesmo caminho de outros jogadores formados pelo PSTC e assinou com o Athletico Paranaense. Após ser Campeão Brasileiro em 2001, ele iniciou a trajetória europeia no Shakhtar Donetsk (UCR). Em 8 temporadas, ele alcançou o status de ídolo e chamou a atenção de gigantes clubes europeus e da Seleção Brasileira. Com a Camisa Amarelinha, Fernandinho marcou o gol que deu o título do Mundial Sub-20 FIFA para o país e, anos depois, disputou as Copas do Mundo FIFA de 2014 e 2018, além de ter conquistado a Copa América em 2019. O meiocampista ainda está em atividade e desde 2013 brilha no Manchester City (ING). Por lá, ele também é ídolo e campeão várias vezes.

KLEBERSON

Nascido em 1979, Kleberson é uma das grandes revelações do PSTC. Formado nas categorias de base do clube, o meiocampista mostrou talento e logo seguiu para o Athletico Paranaense. O rendimento espetacular em Curitiba rendeu convocação para disputar a Copa do Mundo FIFA de 2002 pela Seleção Brasileira. Na grande final entre Brasil e Alemanha, Kleberson foi um dos destaques e ajudou o Brasil a conquistar o quinto título mundial. Depois disso, ele foi negociado com o Manchester United (ING). Kleberson também teve passagens de destaque pelo Besiktas (TUR) e Flamengo. Pela Seleção Brasileira, disputou a Copa do Mundo FIFA pela segunda vez, em 2010. Kleberson encerrou a carreira de jogador em 2017 e hoje é técnico de futebol nos Estados Unidos.

JADSON

Jadshow, Magic Jadson ou simplesmente Jadson. Assim é conhecido mais um talento do futebol mundial que começou no PSTC. Poucas temporadas no Brasil foram suficientes para o meia mudar de patamar. Do Athletico Paranaense ele seguiu para o Shakhtar Donestk (UCR). Na Ucrânia, Jadson colocou seu nome na história do clube ao ser campeão nacional e ser essencial na conquista da Copa UEFA, hoje chamada de Liga Europa. O jogador voltou ao Brasil e continuou a rotina vencedora. No São Paulo, o meia foi campeão da Copa Sul-Americana. No Corinthians, ele foi campeão brasileiro duas vezes. Jadson também soma passagens pela Seleção Brasileira e com título da Copa das Confederações FIFA.

RAFINHA

Rafinha começou como jogador de futsal. No gramado, o primeiro clube foi o PSTC. Os aprendizados adquiridos nas nossas categorias de base foram essenciais para o lateral direito ter alcançado grandes resultados na carreira. Ele se profissionalizou no Coritiba e também passou por Schalke 04 (ALE) e Genoa (ITA), mas os pontos altos vieram depois. Rafinha está entre os 10 jogadores de todo o mundo que já conquistaram a Liga dos Campeões da UEFA e a Copa Libertadores da América. O maior título europeu veio pelo Bayern de Munique. O maior título da América do Sul foi conquistado pelo Flamengo. Pela Seleção Brasileira, o lateral direito conquistou a medalha de bronze olímpica, em 2008.

DAGOBERTO

Artilheiro do PSTC nas categorias de base, Dagoberto teve um histórico vencedor no futebol brasileiro. O atacante se profissionalizou pelo Athletico Paranaense e lá foi campeão brasileiro. Como jogador do São Paulo, ele conquistou o título mais importante do país duas vezes. No Cruzeiro, foi campeão do Brasileirão em 2013 e 2014. Hoje, Dagoberto é o jogador que mais vezes venceu o Campeonato Brasileiro, foram 5 títulos no total. Pela Seleção Brasileira, o atacante fez parte do grupo que conquistou o Campeonato Mundial Sub-20 da FIFA.

Fonte: JCampos/Com informações do Repórter Altair de Oliveira ( Taíco ) - Rádio Rainha da Paz.

Comentários

Veja Alvorada e Região

© 2023 Veja Alvorada e Região - Todos os direitos reservados.
Jornalista Responsável Mauricio Santos // [email protected]

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Veja Alvorada e Região