Famosos alcoolismo

Amber Heard afirma que foi agredida e sufocada por Johnny Depp na lua de mel

A atriz Amber Heard afirmou nesta segunda, 16, que temia que seu ex-marido Johnny Depp a matasse no período em que estiveram casados, e relatou ter sofrido violência...

Por Redação

17/05/2022 às 10:13:19 - Atualizado há

A atriz Amber Heard afirmou nesta segunda, 16, que temia que seu ex-marido Johnny Depp a matasse no período em que estiveram casados, e relatou ter sofrido violência doméstica já na lua de mel dos dois, no trem Expresso do Oriente. Segundo Heard, o casal tinha um relacionamento amoroso quando Depp estava sóbrio, mas brigavam quando ele estava bêbado. Na lua de mel, realizada após o término das gravações do quinto filme da franquia "Piratas do Caribe", os dois discutiram se ele deveria beber no trem. Então, em um vagão dormitório, Depp teria dado um tapa em Heard e batido repetidamente o corpo dela contra uma parede e, em seguida, tirado a camisa e enrolado no pescoço dela. “Foi assim que acordei na manhã seguinte. Acordei com ela ainda no pescoço e um nó gigante na parte de trás da minha cabeça” relatou. “Eu estava com tanto medo de que isso acabasse muito mal para mim. Eu realmente não queria deixá-lo. Eu o amava muito”, disse ela.

Em outro ponto, Heard disse que o ex-marido teve um ataque de ciúmes durante uma "semana infernal", após ela receber a oferta de um papel no qual contracenaria com James Franco – Depp a teria socado e jogado contra os móveis. A atriz também relatou que ele se automutilava durante as brigas, cortando os braços, segurando uma faca no peito ou apagando cigarros em si mesmo. Quando Depp foi interrogado, seus advogados tocaram para o júri uma fita em que é possível ouvir Heard dizendo que o agrediu, e ele levou uma testemunha que comprovava que a atriz jogou uma garrafa de vodca nele, arrancando a parte de cima de um dedo. Depp negou que tenha cometido violência doméstica. Heard deve ser interrogada pelos advogados dele nos próximos dias.

Depp e Heard se conheceram em 2012, durante as gravações do filme "Diário de um Jornalista Bêbado". Os dois começaram a namorar e se casaram em 2015, mas a atriz pediu o divórcio apenas 15 meses depois. O processo foi movido por Depp contra a ex em um tribunal no Estado americano da Virgínia. Ele pede US$ 50 milhões de indenização por um artigo assinado por Heard no "Washington Post" em 2018, quando ela se colocou como sobrevivente de violência doméstica. Embora o texto não cite Depp diretamente, ele alega que causou prejuízos inestimáveis à carreira dele, por isso o pedido de compensação. Heard processou de volta em R$ 100 milhões. A batalha judicial, bastante midiática, prosseguirá nos próximos dias.

Fonte: Jovem Pan
Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

Veja Paraná

© 2022 Veja Brasil Comunicação (Doação para quem gosta do nosso trabalho PIX5543999186653)
Jornalista responsavél Mauricio Santos MTB 0012220/PR

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Veja Paraná