Política Câmara federal

Comissão aprova presença da sociedade em conselho gestor do Fundo de Segurança Pública

Por Redação

25/05/2022 às 11:49:57 - Atualizado há
Discussão e votação de propostas. Dep. Luis Miranda REPUBLICANOS - DFLuis Miranda apresentou substitutivo ao projeto

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que prevê a participação, no Conselho Gestor do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), de um representante dos estados e municípios, e de representantes de jovens, mulheres, negros, idosos e entidades sindicais dos agentes das forças de segurança, na forma do regulamento.

O Projeto de Lei 138/19, da deputada Renata Abreu (PODE-SP), foi relatado pelo deputado Luis Miranda (Republicanos-DF), que deu parecer favorável, na forma de um substitutivo. O texto original previa apenas a participação de representantes de jovens no Conselho Gestor.

Miranda destacou a importância da representação social no conselho do FNSP. Para ele, a iniciativa “aperfeiçoa as políticas de segurança pública, pela inclusão da participação de segmentos mais vulneráveis da sociedade na gestão do fundo.”

Previsto na Lei 13.756/18, o FNSP financia projetos na área de segurança pública e prevenção à violência. Atualmente, o Conselho Gestor possui nove integrantes (e igual número de suplentes), todos oriundos do poder público – sete do governo federal e dois do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp).

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

Veja Paraná

© 2022 Veja Brasil Comunicação (Doação para quem gosta do nosso trabalho PIX5543999186653)
Jornalista responsavél Mauricio Santos MTB 0012220/PR

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Veja Paraná