magalu
uol
webhotel

M√©dico da rede p√ļblica que atendeu em plant√£o mesmo ciente de estar infectado pelo coronav√≠rus √© denunciado pelo MPPR em Colombo

Por Redação em 02/06/2020 às 16:25:01
Foto ilustrativa

Foto ilustrativa

Em Colombo, na Regi√£o Metropolitana de Curitiba, o Ministério Público do Paran√°, a partir da 6¬™ Promotoria de Justi√ßa da comarca, apresentou denúncia criminal contra um médico do município que foi trabalhar mesmo sabendo que estava infectado com coronavírus. O MPPR requer a condena√ß√£o do profissional de saúde pelos crimes de infra√ß√£o de medida sanit√°ria preventiva e omiss√£o de notifica√ß√£o de doen√ßa, passíveis de deten√ß√£o e multa.

Conforme relata a Promotoria de Justi√ßa na denúncia, o profissional de saúde havia testado positivo para a Covid-19 no dia 13 de abril. No dia 15, foi trabalhar normalmente, atendendo pelo menos nove pessoas durante plant√£o em unidade de saúde no bairro Alto Maracan√£. Apenas ao final do expediente comunicou aos colegas que estava infectado e que precisaria de um atestado para faltar ao trabalho nos dias seguintes, mesmo j√° tendo um atestado emitido dias antes para justificar aus√™ncia em outro trabalho num posto de saúde de Itapo√°, no litoral de Santa Catarina.

Crime – Como resume o MPPR, o servidor, "com vontade livre e consciente, ciente da ilicitude e reprovabilidade de sua conduta, infringiu determina√ß√£o do poder público, destinada a impedir propaga√ß√£o de doen√ßa contagiosa". A Promotoria de Justi√ßa refor√ßa que "os crimes foram cometidos por ocasi√£o de calamidade pública nacional, decorrente da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19)".

magalu 2

Coment√°rios

magalu 3