magazine luiza 1 728 x 90
LIFT DETOX
CICATRIBEM

Madonna no Rio: saiba mais sobre o show, a estrutura de segurança e as músicas que a rainha do pop deve cantar

O show de Madonna promete arrastar multidões para a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, neste sábado (4).

Por Mauricio Santos em 03/05/2024 às 10:52:08

O show de Madonna promete arrastar multidões para a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, neste sábado (4). A apresentação da “rainha do pop” está prevista para começar por volta das 21h45, com duas horas de duração. No Brasil desde segunda-feira, 29 de abril, Madonna tem sido muito celebrada pelos fãs, mas tem se mantido discreta durante a estadia no Copacabana Palace.

Flagrada somente olhando pela janela do hotel, a cantora demorou até para publicar nas redes sociais sobre o show no Brasil. Nesta quarta-feira (dia 1º), ela postou nos stories do Instagram memes de fãs brasileiros. E você vai sujar os pés de areia para ver Madonna de perto ou pretende ver o show do conforto do sofá? Confira abaixo o que você precisa saber sobre a passagem da “Celebration Tour” pelo Brasil:

DJs e supostas participações do show

O aquecimento do show começa por volta das 19h. Às 20h, o norte-americano Diplo pilota a festa até a chegada de Madonna. O DJ prepara um setlist especial para as areias de Copacabana, com músicas brasileiras. Para o after, festa que deve começar assim que terminar o show da rainha, foi escalado o brasileiro Pedro Sampaio. O evento também é gratuito e ocorre no Palco Leme, em frente ao palco principal, entre a Rua Prado Júnior e Avenida Princesa Isabel.

Há rumores de participações especiais de renomados artistas brasileiros no show: Anitta, Pabllo Vittar, Ludmilla, Caetano Veloso, Ivete Sangalo, Luciano Huck, Angélica e até Xuxa tiveram os nomes cogitados por fãs como supostos convidados.

Uma das possíveis convidadas, a cantora Anitta, trocou, inclusive, o baile do Met Gala para ver o show de Madonna, por considerar importante estar no Brasil neste momento “histórico”, e disse que “só se fala nisso” no país.

Tamanho do palco e estrutura do show de Madonna

A estrutura montada para a apresentação é monumental e começou com o traslado do equipamento de 270 toneladas. O material precisou ser divido em três aviões de carga. A área ocupada pelo palco da “Celebration Tour” também é superlativa, com a estrutura chegando a 821m² – o dobro daquele da turnê mundial. De acordo com o sócio da BonusTrack, Luiz Oscar Niemeyer, Madonna tem feito shows em arenas para cerca de 20 mil pessoas, enquanto a apresentação no Rio é projetada para um público de 1 milhão.

A boca de cena deste palco, de um lado a outro, tem 24 metros (geralmente, os grandes palcos possuem 20 metros de um lado a outro) e pé direito de 18 metros. Três passarelas ligadas ao palco permitirão que a diva se movimente pelo público. Há ainda um elevador.

A produção separou 45 baús com roupas para trocas de figurino entre a rainha do pop e os dançarinos. Outra passarela foi construída para conectar o palco ao Copacabana Palace, onde Madonna e a equipe de 200 pessoas ocupam 90 quartos e montaram três academias.

Músicas que Madonna deve cantar

Espera-se que o show no Rio siga os mesmos moldes que outros da “Celebration Tour”, com cerca de 30 músicas, divididas em atos. Para começar, abre o primeiro ato a mestre de cerimônia Bob the Drag Queen. Madonna, então, entra com “Nothing Really Matters”. Depois, segue com canções do início da carreira, como “Everybody”, “Into the Groove”, “Burning Up”, “Holiday” e “Open Your Heart”. A artista então faz uma homenagem a vítimas da Aids, com fotos de anônimos e figuras famosas, ao som de “Live to Tell”. Na sequência, canta “Like a Prayer”.

Por fim, o momento dedicado às faixas que marcaram a trajetória da rainha do pop nos anos 1990, que deve contar com “Erotica”, “Justify My Love”, “Bad Girl”, “Vogue”, “Human Nature”, “Crazy for You” e “Hung Up” (música dos anos 2000).

Dentre as trocas de figurinos, uma delas marca a execução de “Die Another Day”, que precede “Don’t Tell Me”, “Mother and Father”, toca “I Will Survive”, de Gloria Gaynor, no violão, e continua com “La Isla Bonita”, “Don’t Cry for Me Argentina” e “I Don’t Search I Find”.

Quase no fim do espetáculo, a artista canta “Ray of Light” e “Rain”, e faz, ainda, um mashup de um grande sucesso de sua carreira “Like a Virgin” e do hit de Michael Jackson “Billie Jean”. Para encerrar o espetáculo, Madonna reúne todos os bailarinos, caracterizados como diferentes versões dela, e fecha com “Bitch I’m Madonna” e “Celebration”.

Custos do show no RJ e patrocinador

A produção teria o custo de cerca de R$ 60 milhões – só o cachê de Madonna tomaria 80% do valor ou R$ 48 milhões. O show tem patrocínio do banco Itaú e a prefeitura do Rio repassou R$ 10 milhões para a BonusTrack, produtora responsável pelo evento, em valor publicado no Diário Oficial.

Segurança para o megashow

De acordo com a secretaria estadual de Polícia Militar do Rio, o aparato de segurança para o megashow de Madonna vai contar com 3.200 policiais militares mobilizados para atuar em Copacabana, usando 64 viaturas ou ocupando as 65 torres de observação, instaladas por causa da apresentação da cantora. Outros 1.500 policiais civis estarão nas delegacias do entorno, que vão funcionar em esquema especial – com reforço do efetivo das 17h de sábado, 4, até as 5h do domingo.

Nos arredores haverá grades para controle de acesso, 18 pontos de bloqueio e revista com reconhecimento facial e PMs com 150 detectores de metal. Quatro drones, também com reconhecimento facial, serão operados de um centro móvel de Comando e Controle montado a dois quarteirões do palco. A PM também terá tendas de apoio levantadas e reforço no patrulhamento.

O Corpo de Bombeiros, equipes de resgate, guarda-vidas, combatentes, médicos e enfermeiros também receberão reforços e ficarão de prontidão para atuar em ocorrências como afogamentos, incêndios e atendimentos pré-hospitalares.

Confira funcionamento do metrô e ônibus

O metrô vai funcionar até as 4h no dia do show. Haverá uma linha especial de ônibus municipal entre o Terminal Gentileza, situado ao lado da rodoviária, e a avenida Princesa Isabel, em Copacabana. O trânsito em Copacabana será interrompido para automóveis, como acontece no Réveillon.

O horário especial do metrô vale nas estações Cardeal Arcoverde/Copacabana, Siqueira Campos/Copacabana e Cantagalo/Copacabana. Já as outras estações seguirão com horário normal, das 5h à meia-noite. Depois, ficam abertas somente para desembarque. A passagem custa R$ 7,50 e pode ser paga com cartão Giro ou Riocard ou por aproximação (basta aproximar do validador da catraca o cartão de crédito/débito Visa, Mastercard, Elo ou o dispositivo móvel com a tecnologia NFC).

A tarifa do ônibus especial custa R$ 8,60 e dá direito ao retorno (os passageiros receberão uma pulseira que permitirá entrar no ônibus de graça, na volta). A linha não aceita integração nem gratuidades. Os coletivos começam a sair do Terminal Gentileza às 13h, e a volta parte da Enseada de Botafogo, de 0h às 4h de domingo. As demais linhas de ônibus vão respeitar os desvios de tráfego.

Transmissão pela TV ou streaming

A TV Globo vai transmitir o megashow Madonna após a novela “Renascer”. No Globoplay, a exibição terá sinal aberto para não-assinantes e o Multishow também tem o evento na grade.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: Jovem Pan

Tags:   Música
Comunicar erro
LIFT DETOX 2 798 x90

Comentários

anuncie aqui