magazine luiza 1 728 x 90
LIFT DETOX
CICATRIBEM

MPPR denuncia escrivã da Delegacia de Delitos de Trânsito em Curitiba que teria "alugado" login e senha de acesso a sistema com informações sigilosas

Por Mauricio Santos em 21/06/2024 às 16:15:26

Em Curitiba, o Ministério Público do Paraná, por meio da 5ª Promotoria de Justiça de Prevenção e Persecução Criminal, ofereceu denúncia contra uma policial civil ocupante do cargo de escrivã na Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) da capital. A denúncia aponta os delitos de associação criminosa, corrupção passiva e violação de sigilo funcional.

As investigações apuraram que a policial civil cedeu, mediante recebimento de vantagem indevida, o login e a senha do sistema Sinesp Infoseg, permitindo que terceiros tivessem acesso a informações sigilosas de particulares. A escrivã recebia valores mensais como uma espécie de "aluguel" que, somados, atingiram R$ 20.975,00, pagos entre outubro de 2021 e junho de 2022. Outros dois indivíduos que faziam parte da associação criminosa também foram denunciados pelo Ministério Público.

A 1ª Vara Criminal de Curitiba recebeu a denúncia e determinou que a policial seja suspensa do exercício da função pública. Ela também foi proibida de acessar os sistemas policiais. Além da condenação pelos crimes denunciados, o MPPR pede que a escrivã perca a função pública.

Processo número 0007482-36.2023.8.16.0013

Comunicar erro
LIFT DETOX 2 798 x90

Comentários

anuncie aqui