Galaxy Fold, celular com tela dobrável da Samsung, chega ao Brasil por R$ 12.999

Modelo que foi anunciado em fevereiro do ano passado é o primeiro celular dobrável do país. Samsung traz Galaxy Fold, celular que dobra, para o Brasil.Kelvin [...]

Por Redação em 17/01/2020 às 14:56:47


Modelo que foi anunciado em fevereiro do ano passado é o primeiro celular dobrável do país. Samsung traz Galaxy Fold, celular que dobra, para o Brasil.

Kelvin Chan/AP

A Samsung anunciou nesta quinta-feira (16) a chegada no Brasil do Galaxy Fold, smartphone com tela dobrável da empresa. O aparelho, que é o primeiro do tipo a ser vendido no Brasil, sai por R$ 12.999 e começa a ser vendido no dia 22 de janeiro.

O Galaxy Fold foi anunciado globalmente durante um evento da Samsung em fevereiro de 2019 e chamou atenção por ser o primeiro telefone desse tipo lançado pela empresa. O aparelho tem com 6 câmeras e uma tela de 7,3 polegadas na parte de dentro— quase um tablet pequeno —, além de uma tela menor de 4,6 polegadas, na parte externa, para tarefas mais cotidianas.

Por causa das duas telas, existe uma função de continuidade de aplicativo: quando o celular é aberto, a função que estava sendo utilizada na tela menor é transferida automaticamente para a tela maior.

O Galaxy Fold também vem com uma "super bateria", de 4.380mAh com carregamento super rápido. Ele conta também com um processador Snapdragon 855 de oito núcleos, 12GB de memória RAM e 512GB de armazenamento.

Nas câmeras, são 6 — uma na frente, duas no meio e três atrás. Veja as especificações:

Câmera frontal: 10MP com abertura f/2.2;

Câmeras do interior: 10MP com abertura f/2.2 e 8MB com abertura f/1.9, para efeito desfocado em selfies;

Câmeras traseiras: ultra-grande angular com 16MP, grande angular com 12MP e tele com 12MP, para zoom óptico de 2x.

As vendas são exclusivas pelo canal on-line, mas o aparelho está disponível nas lojas para que os consumidores possam conhecer o smartphone.

Primeira versão tinha problemas

O aparelho que chega ao país é uma espécie de "segunda versão" do Galaxy Fold. No ano passado, depois do lançamento, os primeiros modelos do smartphone apresentaram um defeito na tela depois que uma película era removida. O problema aconteceu com jornalistas e influenciadores que receberam o celular para testes.

Depois da falha, a Samsung adiou a chegada do produto aos consumidores e o executivo responsável pela área de dispositivos móveis, DJ Koh, admitiu que o aparelho foi apresentado ao mercado "antes de ele estar pronto".

Para a chegada no Brasil, a Samsung anunciou um serviço premium de atendimento para o produto. De acordo com a empresa, o consumidor que adquirir contará com "um pacote de serviços de atendimento ao cliente exclusivo, que inclui especialistas disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, fila expressa nas assistências técnicas, serviço leva e traz em caso de reparo do aparelho e smartphone reserva em caso de assistência, para que o consumidor esteja sempre conectado".

Fonte: G1

Tags:   G1

Comentários