Geral

net

Após sobreviver a acidente enquanto estava dentro da barriga da mãe, bebê recebe alta

Por Redação 30/07/2018 às 22:21:12

Recebeu alta na tarde de segunda-feira (30) o bebê que sobreviveu, na barriga da mãe, a um acidente registrado na última quinta-feira, em Cajati, no Vale do Ribeira. A avó e a tia da criança estavam desde domingo (29) no Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilaqcua, em Pariquera-Açu. As duas esperavam a liberação da menina, que agora segue para a casa da família materna.

O corpo da mãe da bebê, Ingrid Ribeiro, é velado na capela do Cemitério Pedro Fuss, em São José dos Pinhais, na grande Curitiba. O enterro, que estava previsto para segunda-feira (30), foi transferido para terça-feira (31) de manhã para que a família possa chegar a tempo de se despedir da jovem. Ingrid faria 21 anos segunda-feira (30).

A gestante morreu depois que o caminhão em que ela estava tombou na BR-116. A estimativa é de que a vítima estivesse com 36 a 39 semanas de gravidez. Ingrid foi ejetada do caminhão e encontrada embaixo da carga de madeira levada pelo motorista. Ao chegar no local, os médicos que trabalharam no resgate ouviram o choro do bebê. O médico da concessionária Arteris, Elton Fernando Barbosa, acredita que a criança tenha nascido após o impacto do acidente.

Aos socorristas da concessionária que administra o trecho, o motorista do caminhão disse que não conhecia a jovem, mas de acordo com o avô dela, o condutor era conhecido do pai de Ingrid. Bastante emocionado, Nir Ribeiro lamentou a morte da neta. Ele conversou com Ana Flavia Silva.

Além da bebê que nasceu no acidente, Ingrid deixa outras duas meninas, com dois e três anos de idade. O motorista do caminhão recebeu alta já na sexta-feira, mas teria se internado nesta segunda-feira (30) no Hospital do Rocio, em Campo Largo, para tratar dores nas costas. O homem foi autuado em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

De acordo com a polícia, o motorista disse, em depoimento, que deu uma carona para a grávida em um posto às margens da BR-116, em São José dos Pinhais. O caminhão seguia no sentido São Paulo.

Não há informações sobre o destino que a jovem pretendia alcançar e nem sobre quem é pai da bebê. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar as causas do acidente.

comentários