Cidades Justiça

Maringá será a primeira cidade do Interior a sediar a Conferência de Promoção da Igualdade Racial

Evento acontece nos dias 8, 9 e 10 de abril e vai abordar temas como o racismo estrutural, educação, meio ambiente, população indígena, ciganos, segurança pública e desenvolvimento urbano.

Por Redação

13/01/2022 às 12:10:40 - Atualizado há
Maringá será a primeira cidade do interior a sediar a Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial - 13/01/2022 - Foto: CONSEPIR

A 6ª Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial será nos dias 8, 9 e 10 de abril deste ano, em Maringá, primeira cidade do Interior do Estado a sediar o evento. Serão promovidas palestras e oficinas por personalidades nacionais para discutir questões relacionadas à igualdade racial, abordando temas como o racismo estrutural, educação, meio ambiente, população indígena, ciganos, segurança pública e desenvolvimento urbano, entre outros.

Saul Dorval, presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Consepir) – vinculado à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho – esteve com o prefeito da cidade, Ulisses Maia, na terça-feira (11), para oficializar a realização dos encontros. A escolha pela cidade se deu por conta de uma demanda de movimentos sociais da região. "Era uma reivindicação antiga dos municípios e dentro do Governo conseguimos isso", destacou Dorval.

Os encontros serão conduzidos por delegados que participam das conferências municipais iniciadas no último dia 10 de janeiro.

Para o presidente do Consepir, o evento será um destaque no empenho do município em defesa da promoção da igualdade racial na cidade e também no Estado. "O Paraná é protagonista na promoção da igualdade racial, por isso a expectativa de ser a maior conferência do Brasil, por toda essa construção do Governo. É o estado que mais fez pelas minorias", disse.

Ulisses Maia agradeceu a escolha e destacou que o evento será um marco histórico para a cidade. "Já somos conhecidos nacionalmente por ser um dos melhores municípios do Brasil para se viver", disse.

O secretário municipal de Juventude, Igualdade e Cidadania, Emmanuel Predestin, também agradeceu aos conselheiros do Consepir pela escolha da cidade. "A pasta está à disposição para auxiliar as demais na realização da conferência", afirmou.

Secretária municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Terezinha Pereira considera acertada a escolha de Maringá, pois, segundo ela, trata-se de uma cidade humanizada, inclusiva e que possui uma expertise na realização deste tipo de evento. "Por conta do grande engajamento dos grupos étnicos com o evento, serão tomadas muitas decisões importantes para os paranaenses", destacou.

PRESENÇAS – Também participaram da reunião o presidente do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Compir) de Maringá, Maurício Domingos; o vice-presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial, Alexandre Cesar; o assessor da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Izaac Ramos; a assessora e representante do superintendente de Apoio ao Municípios (SAM) Ricardo Maia, Débora Costa; a superintendente da Secretaria da Mulher, Eliany Feitoza; e a gerente municipal da Igualdade Racial de Maringá, Cleuza Theodoro.

Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

Veja Paraná

© 2022 Veja Brasil Comunicação (Doação para quem gosta do nosso trabalho PIX5543999186653)
Jornalista responsavél Mauricio Santos MTB 0012220/PR

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Veja Paraná