Criminosos prometem ingressos gratuitos para roubar contas de WhatsApp, alerta empresa

Golpistas tentam convencer a vítima a fornecer o código de ativa√ß√£o do WhatsApp para pedir dinheiro aos contatos. A fabricante de antivírus Kaspersky Lab

Por Redação em 09/01/2020 às 12:18:49


Golpistas tentam convencer a vítima a fornecer o código de ativa√ß√£o do WhatsApp para pedir dinheiro aos contatos. A fabricante de antivírus Kaspersky Lab alertou para uma nova t√°tica que criminosos est√£o utilizando no roubo de contas de WhatsApp: a promessa de ingressos gr√°tis para shows de pessoas famosas.

Segundo o alerta da empresa, o criminoso liga para a vítima e diz que apenas precisa de um código que foi enviado por SMS para providenciar ingressos gr√°tis para um evento popular, que pode ser um show famoso ou uma festa. Mas o código exigido pelo golpista é o de ativa√ß√£o do WhatsApp.

Mensagens de SMS traz código de seis dígitos que ativa o WhatsApp e alerta para que usu√°rio n√£o o compartilhe.

Reprodução

A vítima recebe essa mensagem porque os golpistas j√° iniciaram o processo de ativa√ß√£o da conta do WhatsApp em outro aparelho de telefone. Quem cair no golpe ter√° sua conta roubada e ficar√° sem acesso ao aplicativo, pois o WhatsApp só pode ser ativado em um aparelho por vez.

Após a invas√£o, os criminosos enviam mensagens aos contatos da conta roubada com algum pretexto para pedir dinheiro em nome da vítima. Eles também ativam a verifica√ß√£o em duas etapas do aplicativo, o que faz com que o WhatsApp exija uma senha para ser reativado no mesmo número. Na pr√°tica, a vítima é bloqueada de sua própria conta.

Quem teve a conta roubada por fraude pode tentar recuper√°-la enviando um e-mail ao suporte do WhatsApp ([email protected]). Se isso n√£o funcionar, ser√° necess√°rio aguardar sete dias de inatividade na conta para reativar o número sem a senha de verifica√ß√£o de duas etapas.

Varia√ß√Ķes do golpe

A t√°tica de roubar contas do WhatsApp e pedir dinheiro aos contatos ocorre pelo menos desde 2016, mas os golpistas ainda buscam maneiras novas e mais convincentes para conseguir o código de ativa√ß√£o do WhatsApp.

Um dos truques utilizados, como este blog j√° alertou, visa quem anuncia produtos na internet e divulga o número do celular. Os invasores se passam por funcion√°rios dos sites de anúncios para pedir o código como forma de "verifica√ß√£o da conta" e supostamente garantir que o anúncio n√£o seja derrubado.

Por conta dessas fraudes, o WhatsApp modificou o texto da mensagem SMS e incluiu um aviso dizendo que o código n√£o deve ser compartilhado.

A verifica√ß√£o em duas etapas, que é usada de forma maliciosa no golpe para bloquear a conta, ajuda a impedir a fraude. A senha configurada ter√° seis dígitos e deve evitar datas e outros números pessoais.

Dúvidas sobre seguran√ßa, hackers e vírus? Envie para [email protected]

Fonte: G1

Tags:   G1

Coment√°rios