magalu
uol
webhotel

Jorge e Mateus elogiam voz de Juliette, do "BBB 21": "Grande potencial para a música"

Com mais de 15 anos de carreira, a dupla sertaneja Jorge e Mateus continua no topo – sendo uma das principais referências do gênero. Os artistas se preparam para

Por Redação em 17/04/2021 às 14:32:05

Com mais de 15 anos de carreira, a dupla sertaneja Jorge e Mateus continua no topo – sendo uma das principais referências do gênero. Os artistas se preparam para lançar um novo DVD no próximo dia 23 de abril e, além disso, protagonizam uma websérie com curiosidades da dupla que está disponível no YouTube. Recentemente, eles também causaram alvoroço nas redes sociais ao postar um vídeo antigo de Juliette, do “BBB 21”, cantando Aí Já Era, um dos grandes hits da carreira dos artistas. “Acompanhei um pouco essa edição do "BBB" porque o Rodolffo, que é nosso amigo, estava lá. Acho que a Juliette tem um grande potencial para música e, além de tudo, dá para ver que ela gosta mesmo de cantar. Sinto que ela tem duas coisas que são imprescindíveis: uma boa voz e o gosto pela música”, afirmou Jorge em entrevista à Jovem Pan.

Um dos grandes diferenciais da dupla é que, quando Jorge e Mateus estouraram em todo o Brasil, muitas pessoas que não eram fãs de sertanejo passaram a ouvir e curtir o gênero musical. “Acredito que isso pode ter acontecido pelo fato de apresentarmos um som diferente, um sertanejo com uma pegada mais pop em alguns momentos, o que difere do tradicional. Isso veio mudando um paradigma. Tem a questão da guitarra do Mateus também, porque as pessoas que gostam de outros estilos musicais fazem a ligação da guitarra a um som mais pop, talvez, até a um rock"n roll ou um "sertanejo-rock"”, analisou Jorge.

Mais de um ano parados

O último ano não foi fácil para os artistas devido à pandemia da Covid-19, que atingiu em cheio o setor cultural. Jorge comentou que nunca imaginou que seria obrigado a ficar mais de um ano sem fazer shows. “Nosso meio está sofrendo. Foram muitas mudanças, muitas alterações, ajustes necessários, lamentavelmente. A gente sente falta de tudo, de dias normais e notícias boas, do nosso público, da rotina. Estamos tristes pelo fato de não produzir, de não trabalhar. Acordar e não saber que dia poderemos voltar a cumprir o nosso ofício é a pior parte de toda essa história de pandemia. Não poder trabalhar da maneira que a gente gosta, que é cantar para as pessoas”, comentou Jorge. Ainda não há uma previsão de volta, e o cantor tem tentado aproveitar essa pausa de uma forma positiva. “É um descanso para gente viver e aproveitar as nossas famílias. Infelizmente, foi uma pandemia que nos levou a ter esse tempo.”

Mateus acrescenta que espera que essa fase difícil sirva de aprendizado. “O desejo de que as coisas voltem ao normal é imenso, mas também desejamos que, no final de tudo, tenhamos uma grande lição. Que a gente repense e valorize certas coisas que são importantes quando tudo está normal”, disse à Jovem Pan. Sem shows e com mais tempo livre, um dos projetos que surgiu para dupla nesse período de pandemia foi gravar a websérie “Bastidores Brahma”, na qual eles contam curiosidades, novidades da carreira e relembram a trajetória que levou Jorge e Mateus ao sucesso. “Tem muita história inédita. Algumas delas sobre as composições, os arranjos, a produção. Comentamos sobre as letras, o sentido de algumas músicas, tudo isso de uma forma bem-humorada e leve. É um projeto muito bem-feito que está disponível no YouTube”, finalizou Mateus.

Fonte: JP

Comunicar erro
magalu 2

Comentários

magalu 3